WordPress.org

Ready to get started?Download WordPress

Codex

pt-br:Recursos do Multisite

Artigo ou Seção com explicações avançadas
A seguir, estão explicações ou instruções para usuários avançados, o que pode exigir o conhecimento de termos e ferramentas não comuns a todas as pessoas.
Adicione {{Avançado}} para usar esta caixa.

Aqui estão algumas coisas adicionais que você precisar saber sobre a administração avançada de uma rede de sites WordPress.

Contents

Acesso do Usuário

Por padrão, todos os usuários que são adicionados à sua rede terá acesso de assinante a todos os sites dentro da sua rede.

Além disso, os administradores dos subsites não podem instalar novos temas ou plugins. Somente o administrador da rede toda (também conhecido como Super Admin) tem essa capacidade.

Links Permanentes

Enquanto os links permanentes continuará a funcionar, o blog principal (ou seja, o primeiro criado) terá uma entrada extra blog, tornando a sua URLs exemplo.com/blog/YYYY/MM/POSTAGEM.

Isto é para evitar colisões com subpastas. Atualmente não há nenhuma maneira fácil de mudar, pois isso impede WordPress de auto-detecção de colisões entre o seu site principal e quaisquer subsites. Esta questão será abordada e personalizável, em uma futura versão do WordPress.

Veja que o prefixo blog não estará em endereços de páginas, por exemplo exemplo.com/PAGINA.

Se tentar criar uma página estática no primeiro blog, com o nome de outro blog já existente, o link permanente da página vai ter um sufixo (ex. exemplo/PAGINA-2 ). Se você criar um novo blog com o slug de uma página estática já existente, a página estática não será mais acessível. Para evitar isso, você pode adicionar nomes de suas páginas estáticas para a Lista Negra de modo que nenhum blog com esse nome possa ser criado.

Plugins do WordPress

Os Plugins WordPress tem agora uma maior flexibilidade, dependendo de sua aplicação em toda a rede.
  • Plugins específicos para sites: Os Plugins WordPress para serem ativados ou desativados por admins de blogs individuais, são armazenadas em plugins. Você precisa habilitar a página de plugins para administradores de sites individuais em Rede > Opções.
  • Plugins de Rede: Os Plugins WordPress na pasta plugins podem ser ativados em toda rede pelo super admin.
  • Plugins que devem ser usados por todos: Plugins para serem usados por todos os sites da rede, também devem ser instalados no blog principal.

Categorias e Tags

Termos Globais estão desativados no WordPress 3.0 por padrão. Você pode usar o plugin Sitewide Tags WordPress ou similares para incorporar tags globais na página portal/inicial do site da rede, ou para sites específicos da rede, assim,aumentando a navegação baseada em micro-categorias.

Alternando entre subdomínios e subpastas

Se sua instalação tem mais de um mês, ao tentar ativar o multisite, será notificado a usar sites em subdomínios. Isto é para certificar que nenhuma página estática conflite com subsites. Se estiver certo que não terá este problema, então pode mudar essa opção após a instalação inicial que será feita em subdomínios.

No seu arquivo wp-config.php, mude a chamada de definição para SUBDOMAIN_INSTALL:

Para sudomínios
define( 'SUBDOMAIN_INSTALL', true );
Para subpastas
define( 'SUBDOMAIN_INSTALL', false );

Também é preciso mudar o arquivo .htaccess para sua nova configuração. Tenha cuidado, você pode ter problemas se tentar isso depois de estar em uma configuração ou outra por qualquer período de tempo, então proceda com cautela.

.htaccess e Mod Rewrite

Ao contrário de sites únicos WordPress, que podem funcionar com "links quase legíves" para Links Permanentes, portanto não precisam de Mod_Rewrite.

Já o modo de MultiSite requer seu uso para URLs, no formato subsites. Isso requer o uso de um arquivo .htaccess, cujo formato será um pouco diferente se você estiver usando subpastas ou subdomínios.

Os exemplos abaixo são o padrão de entradas .htaccess para WordPress em Subpastas e subdomínios, quando o WordPress é instalado na pasta raiz do seu site. Se você tiver WordPress em sua própria pasta, você vai precisar alterar o valor para RewriteBase adequadamente.

Lembre-se que são apenas EXEMPLOS e funcionam, mas nem sempre em todas as instalações.

Exemplo para Subpastas

# BEGIN WordPress
RewriteEngine On
RewriteBase /
RewriteRule ^index\.php$ - [L]

# uploaded files
RewriteRule ^([_0-9a-zA-Z-]+/)?files/(.+) wp-includes/ms-files.php?file=$2 [L]

# add a trailing slash to /wp-admin
RewriteRule ^([_0-9a-zA-Z-]+/)?wp-admin$ $1wp-admin/ [R=301,L]

RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} -f [OR]
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} -d
RewriteRule ^ - [L]
RewriteRule  ^[_0-9a-zA-Z-]+/(wp-(content|admin|includes).*) $1 [L]
RewriteRule  ^[_0-9a-zA-Z-]+/(.*\.php)$ $1 [L]
RewriteRule . index.php [L]
# END WordPress

Exemplo para Subdiretórios

# BEGIN WordPress
RewriteEngine On
RewriteBase /
RewriteRule ^index\.php$ - [L]

# uploaded files
RewriteRule ^files/(.+) wp-includes/ms-files.php?file=$1 [L]

RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} -f [OR]
RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} -d
RewriteRule ^ - [L]
RewriteRule . index.php [L]
# END WordPress
A documentação do WordPress em Português do Brasil.
Todas as comunidades lusófonas também são bem-vindas! Adicione {{Codex-pt}} em seus artigos.
WordCamp Belo Horizonte 2014
WordCamp é um evento com palestras, trocas de experiências sobre web e claro: o encontro de pessoas que usam o WordPress e adoram!
Visite o site do evento para saber mais