WordPress.org

Ready to get started?Download WordPress

Codex

pt-br:Backups do Banco de Dados

Artigo ou Seção com explicações avançadas
A seguir, estão explicações ou instruções para usuários avançados, o que pode exigir o conhecimento de termos e ferramentas não comuns a todas as pessoas.
Adicione {{Avançado}} para usar esta caixa.
Artigo parcialmente traduzido ou que precisa de tradução
Este documento está parcialmente traduzido ou precisa ser traduzido. Toda a tradução é feita por voluntários e você pode ser um deles.
ParticiparArtigos para traduzirFórum de Suporte

It is strongly recommended that you backup your database at regular intervals and before an upgrade.

Restoring your database from backup is then possible if something goes wrong.

Contents

Usando cPanel

cPanel é um popular painel de controle usado por muitos servidores O recurso de backup pode ser usado para backup de dados MySql. Não gere um backup completo, uma vez que estas são estritamente para fins de arquivamento e não podem ser restaurados através do cPanel. Procure por baixar um banco de dados MySQL Backup e clique no nome do banco de dados. Um arquivo *.gz será transferido para sua unidade local.

Não há nenhuma necessidade de descompactar esse arquivo para restaurá-lo. Usando o programa cPanel mesmo, procure o arquivo gz e faça upload. Uma vez que o upload estiver concluído, a parte inferior do navegador irá indicar dump completo. Se você estiver fazendo upload para um novo servidor, você vai precisar para recriar o banco de dados do usuário juntamente com a senha correspondente. Se você alterar a senha, faça a alteração correspondente no arquivo wp-config.php.

Usando phpMyAdmin

phpMyAdmin é um programa de computador desenvolvido em PHP para administração do MySQL pela Internet. A partir deste sistema é possível criar e remover bases de dados, criar, remover e alterar tabelas, inserir, remover e editar campos, executar códigos SQL e manipular campos chaves. O phpMyAdmin é muito utilizado por emuladores de ragnarök online para guardar as informações de contas, e personagens. 
O MySQL MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados (SGBD), que utiliza a linguagem SQL (Linguagem de Consulta Estruturada, do inglês Structured Query Language) como interface. É atualmente um dos bancos de dados mais populares, com mais de 10 milhões de instalações pelo mundo.

phpMyAdmin é o nome do programa usado para manipular seu banco de dados.

As informações abaixo foram experimentadas e testadas usando versões phpMyAdmin 2.5.3, 2.5.7, PL1, e 2.6.1-pl3 rodando em Unix.

Opções mais detalhadas estão listadas abaixo, embora na maioria dos casos, você se sairá muito bem com as opções padrão de exportação.

Processo de Backup com o phpMyAdmin

1. Faça login no seu serviço e procure pelo administrador de MySQL, com o nome phpMyAdmin. Você terá de entrar com a senha do banco de dados que você criou, quando fez sua conta do WordPress.
2. A tela do phpMyAdmin é algo assim (pode mudar conforme a versão, skin etc):

Acessando o serviço de phpMyAdmin

3. Agora, na página que abriu, procure pelo nome do seu banco de dados que quer fazer o backup, no caso o que você usa para seu blog do WordPress e clique nele. Do lado esquerdo ficam listados todos os banco des dados criados se houver, se você tem mais de um WordPress instalado, fórum, wiki etc eles aparecem aqui.

No exemplo da figura, o banco de dados chama wpb

4. Na página que abrir, aparecerá um menu horizontal. Clique na aba de nome “Exportar” (“Exportar”).

Clique no item de menu Exportar

5. Há uma coluna, com todos os dados de seu Banco de dados do WordPress, com o prefixo “wp_” que você criou quando ativou a sua conta. Certifique-se de que todos estão marcados e, rolando a página, veja se a opção “SQL” está marcada, e somente ela.

Clique no item de menu Exportar

6. Ainda na mesma janela, certifique-se principalmente se o campo “Dados” está marcado. marque o item Enviado para fazer o donwload do arquivo.

Clique no item de menu Exportar

7.Mantenha o nome do arquivo como está, deixe a opção do formato do arquivo em ZIP especialmente se possui bastante dados (postagens, comentários etc). 8. Agora, clique no botão “Executar”. Uma tela do navegador aparecerá perguntado para salva ro arquivo. Esse é o seu backup.

Observação: Nesse procedimento não estão salvas suas pastas e arquivos (como Tema e plugins); isso você terá que salvar à parte. Mas seus artigos, postagens, e comentários estão salvos.

Usando Comandos MySQL

phpMyAdmin pode não' conseguir manipular bancos de dados muito grandes, neste caso, você pode usar comandos diretos.

1. Mude para o diretório que contém seus arquivos.

user@linux:~> cd files/blog

2. Use mysqldump to dump all database tables. To dump only certain tables from the database, give their names at the place shown by (tablename tablename tablename), and omit the parentheses ( ) in any case. (For help, try: man mysqldump.):

user@linux:~/files/blog> mysqldump --add-drop-table -h mysqlhostserver
 -u mysqlusername -p databasename (tablename tablename tablename) | bzip2
 -c > blog.bak.sql.bz2

Enter password: (enter your mysql password)
user@linux~/files/blog>
Example:
mysqldump --add-drop-table -h db01.example.net -u dbocodex -p dbwp | bzip2 -c > blog.bak.sql.bz2

Enter password: my-password
user@linux~/files/blog>

The bzip2 -c after the | (pipe) means the backup is compressed on the fly, and the > blog.bak.sql.bz2 sends the bzip output to a file named blog.bak.sql.bz2. It does in one line the same thing that these two commands do:

mysqldump --add-drop-table -h db01.example.net -u dbocodex -p dbwp > blog.bak.sql
bzip2 blog.bak.sql

Using MySQL Workbench

MySQL Workbench (formerly known as MySQL Administrator) is a program for performing administrative operations, such as configuring your MySQL server, monitoring its status and performance, starting and stopping it, managing users and connections, performing backups, restoring backups and a number of other administrative tasks.

You can perform most of those tasks using a command line interface such as that provided by mysqladmin or mysql, but MySQL Workbench is advantageous in the following respects:

  • Its graphical user interface makes it more intuitive to use.
  • It provides a better overview of the settings that are crucial for the performance, reliability, and security of your MySQL servers.
  • It displays performance indicators graphically, thus making it easier to determine and tune server settings.
  • It is available for Linux, Windows and MacOS X, and allows a remote client to backup the database across platforms. As long as you have access to the MySQL databases on the remote server, you can backup your data to wherever you have write access.
  • There is no limit to the size of the database to be backed up as there is with phpMyAdmin.

Note: The instruction below was written for older version (MySQL Administrator).

Fazendo backup do banco de dados

This assumes you have already installed MySQL Admin and set it up so that you can login to the MySQL Database Server either locally or remotely. Refer to the documentation that comes with the installation package of MySQL Admin for your platform for installation instructions.

  1. Abra o cliente de MySQL e logue como você tinha configurado para fazer.
  2. A partir do ícone do menu no lado esquerdo da janela do cliente MySQL selecione Backup.
  3. Se você ainda não criou um Projeto de Backup, faça-o clicando no botão "Novo Projeto" na parte inferior da janela e digite um nome para o Projeto de Backup quando solicitado.
  4. Selecione um ou mais banco de dados que quer fazer Backup (no cliente MySQL estes são chamados de "Schema" (pl. "Schemata")). Adicione-o para a janela do conteúdo de Backup á direita usando a seta que aponta para a direita.
  5. Quando selecionar a Schema (Esquema) , você poderá salvar o Projeto de Backup. Ou poderá simplesmente escolher Fazer Backup Agora usando o botão inferior direito da janela.
  6. Uma janela de dialogo vai aparecer perguntando onde salvar o Backup. Digite o caminho ou navegue para o local usando a janela de dialogo
  7. Supondo que tudo esteja correto (e que tenha as permissões para gravar no diretório onde será gravado o Backup), o backup será completado rapidamente.

Importando do Backup

Para instalar seu backup basta entrar em “Banco de Dados”, como mostramos no passo 2 e, na página que abrir, selecionar a aba “Importar” no menu horizontal, conforma e imagem abaixo.

Procure o arquivo tipo ZIP que você salvou em seu PC (1) e clique no botão “Executar” (2) no final da página. Image:painel-importar-SQL-wordpress-8-.png Como já dissemos antes, faça uma cópia de segurança de seus dados sempre que quiser fazer alterações em seu blog que mexam nos arquivos de alguma forma. Lembre-se de ma nter cópias dos plugins e temas do seu Blog no WordPress para evitar perder tempo procurando pelas coisas que você mais usa.


Ferramentas MySQL

In addition to MySQL Workbench, there are many GUI tools that let you backup (export) your database.

Name OS (Paid edition) OS (Free edition) Notes
MySQL Workbench Windows/Mac/Linux Windows/Mac/Linux See above
EMS SQL Management Studio for MySQL Windows -
Aqua Data Studio - Windows/Mac/Linux Available in 21 languages
Navicat for MySQL Windows/Mac/Linux Windows/Mac/Linux (Lite) Available in 8 languages
SQLyog Windows -
Toad for MySQL - Windows
HeidiSQL - Windows
Sequel Pro - Mac CocoaMySQL successor
Querious - Mac

Using WordPress Database Backup Plugin

Austin Matzko maintains a WordPress plugin originally created by Skippy called WordPress Database Backup (WP-DB-Backup). It was bundled with WordPress 2.0 but is no longer included with WordPress 2.1.

Instalação

  1. Procure por "WP-DB-Backup" em Administration > Plugins Panel > Add New.
  2. Ativar plugin.
  3. O plugin solicitará para criar um diretório em /wp-content/backup-*/ dentro do seu diretório do WordPress. Talvez precise fazer o /wp-content writable (Pelo menos temporariamente) para criar este diretório.

Backing up

  1. Navigate to Administration > Tools > Backup Panel
  2. Select any tables, in addition to the core WordPress tables, that should be backed-up.
  3. Select the Backup Options; the backup can be saved on the server, downloaded, or emailed.
  4. Finally, click on the Backup button to actually perform the backup. You can also schedule regular backups.

Restoring the Data

The file created is a standard SQL file. If you want information about how to upload that file, look at Restoring Your Database From Backup.

Plugins


A documentação do WordPress em Português do Brasil.
Todas as comunidades lusófonas também são bem-vindas! Adicione {{Codex-pt}} em seus artigos.
WordCamp Belo Horizonte 2014
WordCamp é um evento com palestras, trocas de experiências sobre web e claro: o encontro de pessoas que usam o WordPress e adoram!
Visite o site do evento para saber mais