WordPress.org

Ready to get started?Download WordPress

Codex

pt-br:Rede de Sites WordPress

Artigo ou Seção com explicações avançadas
A seguir, estão explicações ou instruções para usuários avançados, o que pode exigir o conhecimento de termos e ferramentas não comuns a todas as pessoas.
Adicione {{Avançado}} para usar esta caixa.

A partir da versão WordPress 3.0,você têm a possibilidade de criar uma rede de sites (Multisite). Este artigo contém instruções para criar a rede. É bem semelhante a criar um único site.

NOTE: Se estiver usando o WordPress MU, não é preciso completar estes passos. Sua rede já está ativada. Uma vez que atualizou para a ramificação 3.x, você será solicitado para atualizar as regras do arquivo .htaccess para o MultiSite.
Alerta! Se atualizou para o WordPress 3.1, o menu Super Admin foi substituído com a seção Network Admin. Observe o topo do cabeçalho, a esquerda: O link é 'Site Admin.'

Antes de Começar

Contents


Requisitos do Admin

Se você deseja rodar uma rede de blogs, você deve pelo menos ter um conhecimento básico de administração de UNIX /Linux. Um conhecimento básico de desenvolvimento do WordPress, PHP, HTML e CSS é recomendado também.

Configurar e executar uma instalação multi-site é mais complexo do que uma instalação em local único. Ler esta página deve ajudá-lo a decidir se você realmente precisa de uma instalação multi-site e que podem estar envolvidos com a criação de um. Se as instruções nesta página não fazem sentido para você, não se esqueça de testar as coisas em um site de desenvolvimento em primeiro lugar, ao invés de seu site ao vivo.

Requisitos do Servidor

Como esse recurso requer a configuração do servidor extra e maior capacidade técnica, por favor, verifique com seu serviço de hospedagem e perguntar se eles apoiam o uso deste recurso. Não é recomendável tentar isso em hospedagem compartilhada.

Você tem a escolha entre usar subdomínios ou subdiretórios ao criar sua Rede. Isso significa que cada site adicional na sua rede pode ser criado como um novo subdomínio ou subdiretório virtual.

  • Subdomínios -- like site1.exemplo.com e site2.exemplo.com
  • Subdiretórios -- like exemplo.com/site1 e exemplo.com/site2

Também é possível mais tarde, através do uso de um plugin como WordPress MU Domain Mapping, mapear sites individuais para nomes de domínios independentes.

Subdiretório
Funciona com o recurso mod_rewrite do servidor com habilidade de ler o arquivo .htaccess, para criação da estrutura de links.
Se você estiver já está usando links permanentes legíveis no seu blog, então sites em subdiretório vão funcionar.
Subdomínios
Funciona através de domínios coringa. Você deve tem isso habilitado no Apache, e também deve adicionar um subdomínio coringa para seus registros de DNS. (Veja Passo 2 como definir.)
Some hosts have already set up the wildcard on the server side, which means all you need to add is the DNS record.
Some shared webhosts may not support this, so you may need to check your webhost before enabling this feature.

Requisitos de Configuração do WordPress

  • WordPress em Diretório Próprio não funciona no WordPress 3.0 com multisite ativado por interferir na consulta a membros do site.
  • Não é possível usar o multisite nos seguintes casos:
    • "Endereço do WordPress (URL)" é diferente do "Endereço do site (URL)".
    • "Endereço do WordPress (URL)" usa um número de porta diferente de ':80', ':443'.
  • Não é possível usar multisite em Subdomínio nos seguintes casos:
    • A instalação do WordPress está em uma pasta (não na raiz do servidor).
    • "Endereço do WordPress (URL)" é localhost.
    • "Endereço do WordPress (URL)" é um ednereço de IP como 127.0.0.1.
  • Não é possível usar multisite em Subdiretório nos seguintes casos:

(Veja wp-admin/network.php para detalhes dessa correção - em inglês)

Passo 1: Faça Backup do seu WordPress

Seu WordPress será atualizado quando criar a Rede. Por favor faça backup dos seus arquivos e banco de dados.

Passo 2: Definir Subdomínios Coringa

(Se optou para multisite em subdiretórios, siga para o passo 3.)

Sites em subdomínios funciona através de subdomínios curinga. Este é um processo de dois passos:

  1. Apache deve estar configurado para aceitar curingas.
    1. Abra o arquivo httpd.conf ou o arquivo que contém a entrada VHOST entry para sua conta do servidor.
    2. Adicione esta linha:
      ServerAlias *.exemplo.com
  2. Nas gravações DNS do seu servidor, adicione um subdomínio curinga que aponta para a instalação principaç. Deve ser algo como:
    A *.exemplo.com

Links Externos:

Configurações Epecíficas

Devido o fato que todo servidor é configurado diferentemente, as isntruções seguinte 'per site' não são exaustivas; Em todos os casos, se você não consegue determinar subdomínios curinga, contate seu serviço de registro de domínios e hospedagem.

No CPanel Crie um subdomínios chamado "*" (curinga) no seu CPanel (*.exemplo.com). Certifique-se de apontá-lo para a localidade da pasta que contém o arquivo wp-config.php.

No Plesk Há vários passos que diferem entre servidores quando usando o Plesk. Este artigo Configuring Wildcard Subdomains for multi site under Plesk Control Panel‎(em inglês) detalha os passos envolvidos.

Direto no Painel

Click "User Panel" -> DNS Management -> add the following three entries using the three columns:
* A xxx.xx.xx.xxx
(Replace "xxx.xx.xx.xxx" with your website IP.) Click "Admin Panel" (If you have no "admin panel" ask your host to do this.) -> Custom Httpd -> yourdomain.com -> In the text input area, just paste and "save" precisely the following:
ServerAlias *.|DOMAIN|
(If you ever need to un-do a custom Httpd: return here, delete text from input area, save.)

Passo 3: Permitir Multisite

Agora é só ativar o modo de Mulitisite do WordPress.


Coisas que precisa saber

Conheça os Recursos do Multisite que você precisa saber.

Artigos Relacionados


A documentação do WordPress em Português do Brasil.
Todas as comunidades lusófonas também são bem-vindas! Adicione {{Codex-pt}} em seus artigos.